quinta-feira, 27 de julho de 2017

Na onda do carioca Lima Barreto


Com a FLIP deste ano homenageando Lima Barreto, o escritor carioca fica na onda e vira moda.

Desde sempre já é aqui no blog, que relembra que o  primeiro RIO QUE MORA NO MAR, em  28 de fevereiro de 2008, se inspirou em... Lima Barreto.

Aliás, esse texto do RIO QUE MORA NO MAR foi e é plagiadíssimo em vários blogs internet afora desde então, e, infelizmente, sem os devidos créditos.


Remexendo no baú,
trago à tona  três posts,
em que falo desse carioca genial.

Vale (re)ler!

  Ressacas  






segunda-feira, 24 de julho de 2017

Samba nos States...



Um recorte de jornal de julho de 1967,
nos fala de uma personagem da vida carioca, lá atrás... há 50 anos:
Ana Maria, a dama de branco, agora de azul, das ruas de Ipanema.
































Veja mais  AQUI

terça-feira, 18 de julho de 2017

Dez palavras bonitas... no Rio de 1957


No saboroso ofício de garimpar a história carioca encontrei uma série chamada "  DEZ PALAVRAS BONITAS", na coluna Porta de Livraria, de Antônio Olinto, que trouxe à tona interessantes pontos de vista .

Consideradas o que são palavras bonitas -  por intelectuais, escritores  no ano de 1957, há 60 anos atrás - desde unanimidades como saudade até  a inusitada ...perereca. 

Veja  algumas das listas, nos recortes, abaixo.









E VOCÊ JÁ PENSOU
QUAIS SERIAM SUAS
DEZ PALAVRAS BONITAS?



Em tempo: pra mim, as dez palavras são AMOR, ESPERANÇA, CORAGEM, OLHAR, MAR, FÉ, VITÓRIA, SAUDADE, MÚSICA  e SONHO.


sexta-feira, 14 de julho de 2017

14 de julho...allons enfants...uma história carioca



Remexendo no baú 
me deu vontade de relembrar essa história 
que postei há 8 anos atrás.
Memórias de outros tempos,
de uma cidade não só bela, 
mas terna.

Vamos superar!



Até lá reviver saborosos momentos conforta e encoraja um coração carioca.



Hoje acordei me lembrando da Marseillaise...                                                                                        CONTINUE A LER AQUI


Nenhum texto alternativo automático disponível.



quarta-feira, 12 de julho de 2017

Nesse julho de entardecer bonito...


Lá atrás, em 1967, há 50 anos, o frio e as águas de Copacabana geravam a manchete